Será que já cometeste algum destes erros?

Uma das atitudes que mais me fez crescer enquanto empreendedora foi aprender com os “erros passados” de quem já tinha os resultados que eu queria ter. Por isso vou partilhar contigo alguns dos erros que eu cometi principalmente no início do meu negócio, para que também tu possas aprender com eles.

 

Cada um destes erros daria um artigo por si só, prometo em futuras partilhas desenvolver mais aprofundadamente cada um destes temas, mas agora por quero mesmo partilhar quais são os principais erros que quem começa a empreender tem tendência a cometer de modo a que tu possas estar atento e consigas ultrapassá-los.

 

1º Erro – Falta de Congruência

Este primeiro erro, foi aquele que eu talvez nesta lista toda, menos tenha cometido. Em Inglês existe uma expressão que gosto bastante que é “Walk the Talk”, que significa que devemos fazer o que apregoamos. Ou seja, não basta criares um negócio numa área que gostas só porque sim, porque leste um livro ou tiraste um curso sobre o assunto. Imagina, eu não poderia, por exemplo criar um negócio onde ajudo empreendedores a terem negócios de sucesso se eu própria não tivesse resultados no meu negócio. Eu vou criar um curso, produto ou serviço numa área na qual eu tenha resultados.

Outros exemplos são, alguém que quer ajudar pessoas a ter uma alimentação mais saudável, mas passa os dias a comer fast food. Ou por exemplo alguém que quer ajudar pessoas a falarem com confiança em público, mas nunca falou para uma audiência maior do que duas pessoas.
Então é importante percebermos que nós não podemos apenas querer ensinar alguma coisa a alguém só porque sim. Tem de ser algo que nós aplicamos no nosso dia a dia, algo que nós aplicamos na nossa vida para sermos acima de tudo um exemplo de congruência daquilo que nós estamos a ensinar.

 

 

2º Erro – Síndrome do Impostor

Se procurares no meu blog, eu já fiz um artigo sobre este tema. Basicamente são, contrariamente ao primeiro erro, aquelas pessoas que acham sempre que aquilo que sabem ainda não é o suficiente e que os outros não vão reconhecer nelas o know-how ou a habilidade de poderem ensinar determinada coisa. Deste modo, acreditam que precisam sempre de mais, precisam de mais um curso, de ler mais um livro e de adquirir novas competências. Porque no final do dia nunca estão à altura.

Então este é também um dos grandes erros que faz com que as pessoas procrastinem e não avancem, simplesmente porque acham que ainda não estão preparadas o suficiente. A verdade é que nunca chegará o momento em que estaremos 100% preparados para executar algo na perfeição, por isso o mais correto é dar passos e aprender com eles, em vez de esperar eternamente para que todo o conhecimento se reúna, porque isso nunca vai acontecer.

 

 

3º Erro – Procurar negócio área Rentável

Muitas vezes quando os meus empreendedores querem criar um curso online perguntam-me:

“Ana, qual é que achas que é a área de cursos mais rentável?”

Eu respondo sempre que a área de cursos mais rentável será a área que mais te apaixonar. Porque é isso que eu acredito, eu não acredito em áreas mais ou menos rentáveis. Acredito sim, que existem áreas que te apaixonam e é nessas áreas que te deves focar. Porque mais depressa ou mais devagar, uma coisa eu posso garantir-te: se tu olhares para todos os grandes negócios dos self-made millionaires, todos eles te vão dizer que ao início foi desafiante, mas havia algo que nunca os fazia desistir e isso era o quê? A paixão! O sentido de propósito por aquilo que estavam a fazer.

Ser empreendedor não é fácil, vai haver momentos muito desafiantes e acredita que naqueles momentos em que te apetece desistir é esta paixão que te vai fazer seguir em frente.

 

 

4º Erro – Não Delegar

Muitas pessoas acreditam que ainda não têm um negócio grande o suficiente para delegar, aquilo que eu acredito é que o teu negócio não é grande o suficiente porque tu não delegas. O que é que eu quero dizer com isto? Se tu ocupares grande parte do teu tempo em tarefas mínimas como por exemplo, seres tu a criar o teu logótipo, seres tu a criar o teu próprio website, seres tu a editar os teus próprios vídeos e seres tu a fazer tudo e mais alguma coisa, não vais ter tempo para aquilo que é realmente importante.

Aparecer à frente da tua audiência, fazer os teus diretos, fazer as tuas aulas, os Webinars, alimentar a tua mailing list, falar ao telefone com os teus clientes, fechares vendas entre outras tarefas prioritárias. Estas são realmente as tarefas que só podem ser feitas por ti e nas quais tu deves colocar toda a tua energia e atenção.

Então aquilo em que eu acredito, é que desde o início tu deves delegar as várias tarefas do teu negócio. Se não podes ainda delegar tudo, porque não tens orçamento, começa por delegar algumas pequenas coisas. Podes facilmente contratar um assistente virtual por 10 horas por mês, por exemplo, e deste modo vais aumentando à medida que o teu negócio cresce contigo. Assim, irás poupar o teu tempo para as tarefas que só tu consegues realizar e que te irão levar de facto ao crescimento do teu negócio.

 

 

5º Erro – Achar que o Mundo Acaba na Primeira Oferta

Muitos dos meus empreendedores, quando estão a criar o seu primeiro curso online, querem logo colocar todo o seu conhecimento e experiência de anos e anos no seu primeiro curso. No entanto, isso não é de todo vantajoso, porque se tu ofereces logo tudo, vais fazer com que o teu cliente fique assoberbado com tanta informação e não consiga processar tudo aquilo que tu tens para oferecer. Deste modo, provavelmente não estará disponível para comprar os próximos produtos que tu tens para oferecer.

Por isso é que costumo dizer que o mundo não acaba no teu primeiro produto/ serviço.

Oferece aquilo que as pessoas precisam para terem o primeiro resultado e depois cria uma escada de produtos ou serviços para lhes ajudar nas necessidades que vão surgindo ao longo do caminho. Deste modo, estás a oferecer o teu conhecimento, mas de uma forma mais acessível ao teu cliente.

 

 

6º Erro – Encarar as Aprendizagens do Caminho como Fracassos

Conheço muitos empreendedores que fazem um lançamento online, têm meia dúzia de inscrições e acham simplesmente que o caminho não era por aí. Na verdade, nós verdadeiros empreendedores, sabemos que para chegarmos a um patamar de sucesso existiram várias “derrotas” no caminho.

Eu gosto de encarar essas derrotas como aprendizagens. Tu nunca vais conhecer nenhum empreendedor de sucesso que não tenha passado por estes obstáculos, que não tenha passado por desafios e que não tenha tido sucessivas derrotas, porque é isso que realmente faz o verdadeiro empreendedor, é saber olhar para essas derrotas não como um fracasso, mas sim como uma aprendizagem que faz parte do caminho.

 

 

7º Erro – Falta de Consistência

Muitos empreendedores começam tipo foguetão, ou seja, com uma grande energia na fase inicial de negócio, mas depois, vão diminuindo a velocidade. Isto porque e pegando no erro nº6, à primeira adversidade, acabam por desistir e não têm consistência na ação.

Por isso, mais do que tu ofereceres quantidade, tu tens de oferecer qualidade e essa qualidade vê se na consistência. Por exemplo, em termos de redes sociais, que hoje em dia sabemos que é um dos maiores canais para tu chegares à tua audiência, sinceramente prefiro alguém que se comprometa constantemente em criar conteúdos três vezes por semana, do que alguém que cria conteúdos durante uma semana diariamente e depois fica meses sem comunicar com o seu público.

É necessário ter consistência se queres de facto criar um negócio de sucesso, se queres criar uma ligação forte com a tua audiência e se queres ver constantemente os teus resultados a aumentarem.

do

 

 

Estes erros têm muitos mais para se falar, mas assim de uma forma resumida, são os sete principais erros que eu noto principalmente em quem está numa fase inicial de negócio.

Partilha comigo o teu feedback se sentes que já cometeste algum destes erros e de que forma estás a trabalhar para poderes eliminá-los.

 

Beijinhos e abraços inspiradores ❤️

 

 

 

Empreender pode ser um caminho solitário

Empreender pode ser um caminho solitário

Começaste o teu negócio, continuas rodeado por família e amigos, mas sentes-te mais sozinho do que nunca?O caminho do empreendedorismo é, na maioria das vezes, um caminho solitário em que te podes questionar se realmente deves continuar Tinha iniciado o meu negócio à...

Cuidado com os saltos de fé, sem rede de segurança

Cuidado com os saltos de fé, sem rede de segurança

Descobriste a área que te apaixona e estás pronto para finalmente dares os primeiros passos no teu negócio?Antes de começares esta linda e desafiante jornada deixa-me que te dê um conselho que se me tivessem dito, na altura em que deixei o meu emprego por conta de...

A única coisa que te vai dar os resultados que sonhas

A única coisa que te vai dar os resultados que sonhas

Qual será a fórmula mágica que te vai dar todos os resultados que sonhas para o teu negócio? Antes de te falar desta única coisa, deixa-me confessar-te uma coisa sobre mim. Se havia pessoa procrastinadora era eu, eu não te vou mentir e dizer que já não sou nada disso....