O poder de ter um Negócio Sem Fronteiras

Internacionalizar um negócio é possível e eu quero mostrar-te como. O primeiro passo é ACREDITAR.

Se me segues nas minhas redes sociais, (tens aqui o meu facebook e instagram) já deves ter reparado que estou a viver um sonho de menina. Lançar o meu livro no Brasil e inspirar milhares de pessoas a ter um negócio sem fronteiras.

Internacionalizar um negócio é possível e eu quero mostrar-te como.   

Desde criança, tinha o sonho sempre presente de querer deixar uma marca no mundo, e depois a vontade incessante de experimentar coisas novas e inovar em tudo o que fazia. 

Mais tarde, veio a capacidade de arriscar, ainda que cheia de medo, muitas vezes.  

E hoje, o sentido de missão de inspirar através do meu exemplo. 

Em 2011, decidi levar o projeto de criar a minha própria empresa para a frente! Mais tarde, em 2019, criei a primeira certificação em Instrução Online em Portugal, onde já tive oportunidade de  orientar centenas de pessoas em Portugal e de outros países a transformar sonhos em negócios digitais de sucesso. 

Este ano celebro 12 anos de empreendedorismo e não podia estar mais feliz por ter escolhido este caminho. 

Já vivi em diversos países, como Inglaterra, Irlanda e Polônia, fui conhecendo o mercado e vejo que muitos empreendedores poderiam expandir os seus negócios e impactar e ganhar muito mais.  

As pessoas do Brasil, de Portugal, seja onde for, todas querem uma solução para os seus problemas e melhorar as suas vidas.  

O digital abriu possibilidades infinitas para criarmos negócios em qualquer parte do mundo. 

 Vivemos, hoje, num mundo sem limites geográficos, já não há mais espaço para pensar pequeno. Quando criamos um negócio, temos que pensar globalmente.  

O nosso mercado são todos os que podem se beneficiar dos nossos produtos e serviços. 

Em 1 hora, poderias impactar pessoas no mundo inteiro. 
Em um mês, poderias faturar até 10x mais (ou mais até).  

Mesmo que o teu país estivesse em crise, poderias estar descansado pois terias rendimentos noutros lugares. 

Há quem me diga que internacionalizar é muito difícil, que nem sequer pensa nisso…  

Será que é difícil ou é a síndrome do impostor a atacar-nos? (A síndrome do impostor acontece quando temos algo bom entre mãos e sentimos que não somos capazes de o fazer.)  

Quem empreende e quer permanecer nesta vida, tem de estar um passo à frente. Tem de pensar como os grandes, mesmo que não seja “grande” ainda. 

Isto é ter visão de Empreendedor. E esta visão pode acontecer mesmo antes de seres empreendedor. 

Os meus conselhos

  • Segue e questiona pessoas que já internacionalizaram o seu negócio e está atento às suas estratégias.  
  • Analisa o ambiente económico, político, social e cultural do país onde queres expandir. 
  • Percebe se é possível adaptar o teu produto/serviço a este mercado. 

Nunca te esqueças que do outro lado estão pessoas e mesmo que estejam do outro lado do mundo, continuamos todos a ser pessoas que precisam de soluções para os seus problemas. 

Por último, gostava que pensasses na ideia de teres um negócio sem fronteiras, de chegar a milhares de pessoas no mesmo tempo que já usas para chegar a algumas.  

O que te está a impedir de internacionalizar o teu negócio?   

Beijinhos e Abraços Inspiradores, 

Queres aprender mais?

Tem acesso a todos os conteúdos gratuitos de Ana Cristina Rosa

Mais artigos

Sê notificado a cada artigo novo!