O efeito amaciador que tens de criar para uma oferta irrecusável!

Confuso com o título? Já vais perceber...  Quem não gosta de um bom amaciador que deixa cheirinho na roupa e dá uma sensação fofa de conforto? Todos nós gostamos... 

Pois bem, é isso mesmo que tens de fazer para combater as objeções do teu cliente! Tens de te tornar um amaciador, capaz de “amaciar” todas as dúvidas que ele possa ter e deixar o teu cheirinho nele, para que ele queira vir atrás de ti… 

E como é que fazes isso? Como é que crias o teu efeito amaciador?  

Fica comigo porque, depois deste artigo, estarás pronto para lançar uma oferta irresistível ao teu cliente e deixá-lo sem escapatória possível.  

Como?  

Ao criares o teu efeito “amaciador”, irás refutar e “amaciar” as 3 grandes objeções universais que todas as pessoas têm, inclusive tu, ao comprar um produto: o tempo, o dinheiro e a confiança.  

Ao longo de todos estes anos em que já acompanhei centenas de empreendedores e pela minha própria experiência, apercebi-me disto e comecei a incluir isto no meu momento de venda. Acredito que o nosso papel, enquanto empreendedores, não é só vender bons serviços/produtos, mas é também despertar consciências para ajudar as pessoas a tomar boas decisões!  

Isto é puro marketing. Quanto mais entenderes, como é que a mente da tua persona funciona, mais facilmente irás conseguir persuadi-la a comprar o teu produto. Basicamente, estas 3 grandes objeções, surgem depois do entusiasmo inicial, quando encontras um produto que queres muito, ficas tentado a comprá-lo, mas depois lá entram as vozinhas na tua cabeça para não o fazeres.  

E é aqui que enquanto a mente do teu cliente, está a dar voltas, tal como a roupa faz na máquina de lavar, que vais colocar o teu amaciador!  

Então, a primeira grande objeção é o tempo. A maior parte das pessoas quando está a comprar um produto, pensa “será que eu vou precisar disto?”, “será que não posso esperar mais um bocadinho?”, “será que vou ter tempo para usar isto?”. Mas, na realidade, elas estão apenas a tentar adiar entrar em ação e a comparar o teu produto com outras atividades. 

Vou contar-te aquilo que eu faço quando estou a vender o meu programa TYP (Teach Your Passion). Quando eu apresento o meu programa a alguém e a pessoa responde: “Ana eu adoraria fazer o TYP, mas eu não tenho tempo”.  

Sabes o que é que eu respondo? Não tens tempo, comparativamente com o quê?  Que outras atividades é que estás a trocar pelo teu tempo? Criares um negócio que te dá mais tempo para ti, permite-te impactar a vida de outras pessoas e dá-te mais liberdade financeira não é uma prioridade para ti? Então está bem… 

Vês como toquei na ferida? Aqui convém sermos o mais diretos possível… 

 É encarnar não o papel da “amiga boazinha”, mas a “melhor amiga”, aquela que te diz tudo, mesmo que tu não gostes de ouvir. É como se colocasses uns binóculos à pessoa, onde ela consegue ter uma visão a longo prazo e percebe tudo aquilo que vai perder. Sim, porque nós seres humanos, temos tendência a pensar que as ações de hoje não vão influenciar o amanhã, mas é isso que tens de fazer o teu cliente ver!  

A próxima objeção é o dinheiro! Aqui a pessoa pensa “Como é que eu vou pagar isto com tantas contas que eu já tenho”, “não tenho dinheiro para isto”, etc. 

 O que é que podes perceber? Que ela não percebeu que o problema dela é assim tão grave e que a sua vida não está assim tão má.  

Aqui podes usar a estratégia que o FBI utiliza com os criminosos. Calma, não te assustes, vou explicar… 

Basicamente, eles mostram à pessoa que só podem escolher entre dois cenários: ou colaboram na investigação e a pena deles é reduzida ou ficam até ao final das suas vidas na cadeia.  

É óbvio que não vais ser assim tão dramático. Mas, faz com que a pessoa perceba que tem de redefinir as suas prioridades, que se continuar assim, o cenário vai ser cada vez pior. No entanto, se ela decidir aceitar a tua proposta, a vida dela vai melhorar significativamente! 

No meu caso, quando vendo o TYP, aquilo que acontece é que passados 3 ou 4 dias, as pessoas aparecem com o dinheiro. Porquê? Porque redefinem as suas prioridades e conseguem arranjar forma de encontrar dinheiro para investir nelas próprias. Garanto-te que quando nós queremos muito uma coisa, nós arranjamos maneira de adquirir aquele produto ou serviço! 

 Já só falta uma objeção para te tornares um amaciador imbatível!  

A última objeção é a confiança, ou melhor a falta de confiança em nós ou no produto que estamos a oferecer ou a falta de confiança que a pessoa tem nela própria. Nós somos desconfiados por natureza, precisamos de saber que alguém já fez e resultou. Ainda para mais se for um produto com valor elevado. Tenho a certeza que tu próprio quando tens de comprar algo mais caro, vais ver reviews ou pedes opinião a outras pessoas.  

Então, como é que amacias esta dúvida da pessoa em confiar em ti?  

Mostra a tua autoridade! Por exemplo, eu trago muitos testemunhos, casos de sucesso de empreendedores meus que mudaram completamente as suas vidas, para mostrar não só os meus resultados, mas os resultados de quem trabalha comigo!  

Em relação ao produto, deves divulgar o máximo de informação possível, não só o que é o produto, mas, como é que ele foi construído, quais são os bónus, o que é que a pessoa vai ganhar com ele e o que é que vai acontecer se ela não o tiver. Sabes quando uma criança quer muito um brinquedo e chateia a mãe até ela o dar? Neste caso, vai ser a mente do cliente a chateá-lo para ele comprar!  

Por último, garante que a partir do momento em que a pessoa confia em ti, que ela está a dar um voto de confiança a ela mesma e que nunca estará sozinha! No meu caso, quem entra para a minha comunidade, é apoiada por mim e está rodeada por várias pessoas que estão a passar pelo mesmo. Isso faz com que sinta que não está sozinha na sua jornada!  

Qualquer pessoa adora sentir que a sua dor é partilhada!  

Se reparares quase todas as pessoas gostam de ter um amigo que vá com elas ao ginásio, porque sentem que vão partilhar a “dor” com alguém e se, o fizerem sozinhas, sabem que não vão ter ninguém a puxar por elas. 

Por isso, não te esqueças de dar essa garantia ao teu cliente de que nunca vai estar sozinho!  

Agora que já sabes quais é que são todas as objeções do teu cliente, do que é que estás à espera para ir passar o teu amaciador?  

Como se costuma dizer: Agora já tens a faca e o queijo na mão!  

Beijinhos e abraços inspiradores ❤️

Queres aprender mais?

Tem acesso a todos os conteúdos gratuitos de Ana Cristina Rosa

Mais artigos

Sê notificado a cada artigo novo!