E-mail Marketing – Vale a pena ou não?

Eu aposto que esta dúvida já passou pela tua cabeça... “Será que as pessoas ainda leem e-mails?” “Será que vale a pena perder horas e horas a ler informação, sintetizar e garantir que ofereces informação correta e interessante num só e-mail?” “Será que eu não devia aproveitar este tempo que perco a escrever e-mails a fazer algo mais rentável para o meu negócio?” Todas as dúvidas são legítimas…

Provavelmente pensas que as pessoas já nem usam o e-mail, acham muito formal e preferem as redes sociais… 

Mas será que isso é mesmo, verdade?  

O E-mail Marketing morreu?  

A verdade é que talvez os jovens não usem tanto o e-mail, a chamada geração Z que vibra com o tik tok, no entanto, os líderes de empresas, empreendedores, CEO, adultos que têm poder de compra, ainda verificam o seu e-mail todos os dias.  

Vamos a números?  

O Facebook é sem dúvida a rede social mais utilizada no mundo, conta com quase 3 biliões de utilizadores.  

O Instagram soma pouco mais de 1 bilião de utilizadores.  

O e-mail tem mais de 4 biliões de utilizadores.  

Será que não vale mesmo a pena investir numa estratégia de e-mail marketing?  

Claro que vale! 

Sabes aquela conversa ao ouvido que só conseguimos fazer pessoalmente? Há muito mais probabilidade de fazer algo semelhante pelo e-mail… 

Seja pelo facto de conseguires colocar o nome da pessoa… 

Ou por conduzires uma conversa de uma forma única… 

Nada disso é possível nas redes sociais.  

Agora que já sabes a importância de ter uma boa estratégia de E-mail Marketing, vou partilhar contigo algumas dicas para teres E-MAILS MAGNÉTICOS. 

O ASSUNTO PERFEITO  

Não desvalorizes o tempo que perdes a pensar no assunto, pois ele é crucial. 

É como uma montra nas lojas.  

Se a montra não te chamar a atenção, tenho a certeza que não vais entrar. 

Partilho contigo alguns exemplos de assuntos que são eficazes:  

“Descobre o segredo de X” – gera curiosidade e tem um verbo de ação.  

“Este e-mail foi enviado só para ti” – gera exclusividade. 

“Eu sei o que é que precisas” – gera curiosidade.  

“Já tens X?” – se a pessoa não tiver, há uma grande probabilidade de ela abrir. 

“Como está a tua relação com X?” – e-mail que vai diretamente à dor/problema da pesssoa.  

“Falta 1 para mudar tudo na tua vida, se quiseres!” – gera urgência.  

FRASES CURTAS E DIRETAS 

Tenho a certeza que assim que olhas para um ecrã e vês uma mancha textual, sem blocos partidos, o teu cérebro desliga… 

Cada vez mais e vivendo na Era dos ecrãs, as pessoas não conseguem ler textos muitos longos e que não vão direto ao ponto.  

Aposta num copy direto, curto e semelhante a uma “conversa real”. Se numa conversa, perguntarias “estás a entender, (o nome da pessoa?), aqui também deves fazê-lo.  

Compreendes 

Adjetivos e advérbios em excesso também confundem a pessoa.  

NEGRITO, SUBLINHADO OU ITÁLICO 

Se num filme, queremos emocionar-nos, ficar agarrados ao ecrã, no copy de um e-mail queremos uma conversa interessante, mas que não permita que os nossos olhos adormeçam. 

Então, como fazer isso?  

Negrito, sublinhado, itálico. Tudo o que possa quebrar um texto corrido que ninguém tem vondade ler.  

CTA e P.S  – Sempre! 

Falamos da importância da pessoa abrir o e-mail. Mas depois de abrir, é preciso que o e-mail surta efeito.  

Enquanto seres humanos, precisamos de orientação, isto é, assim que acabamos de ler um e-mail, o nosso cérebro não sabe o que fazer.  

Logo, é muito importante que cries um CTA – Call To Action – em português, chamada para ação – para que o teu cliente saiba o que fazer. 

Se o intuito do e-mail for uma venda, deves dizer para ele adquirir o teu produto.  

Se o intuito do e-mail for gerar conexão, deves pedir um feedback ou para te seguir nas redes sociais.  

De qualquer das formas, o CTA tem de estar sempre presente. Regra de Ouro!  

Assim como o CTA, o P.S também deve fazer parte do teu e-mail, pois existem várias pessoas que têm um tempo de leitura mais impaciente e apenas leem a parte final do e-mail.  

 Então, agora que já percebeste como o e-mail pode ser uma ferramenta poderosa de vendas, se ainda não apostaste numa estratégia de E-mail Marketing, é hora de pensares nisso. 

Estás a deixar dinheiro em cima da mesa… 

Beijinhos e Abraços Inspiradores, 

Queres aprender mais?

Tem acesso a todos os conteúdos gratuitos de Ana Cristina Rosa

Mais artigos

Sê notificado a cada artigo novo!