A busca do perfecionismo é uma das características comuns à maior parte dos empreendedores. E o resultado é quase sempre mesmo. Ou seja, quando nos damos conta ficamos, ali, à espera que o nosso negócio, que a nossa ideia, que o nosso projeto fique perfeito, que tenhamos todo o conhecimento do mundo para podermos começar a partilhar o que estamos a construir.

Mas será esta a postura dos empreendedores de sucesso?

De facto, a grande armadilha em que caem a maioria dos empreendedores de sucesso, e o seu maior inimigo, quando querem partilhar o seu propósito com o mundo, é precisamente o perfecionismo. Na verdade, e sejamos sinceros, nunca nada vai ficar completamente perfeito. Há sempre alguma coisa que pode ser alterada, há sempre alguma coisa que se pode acrescentar. E, se pensares bem, só vais realmente aperceber-te da maioria dessas coisas quando estiveres em plena ação.

Eu própria caí nessa armadilha. Durante algum tempo, procrastinei levar os meus programas para o mundo online. Estava sempre à espera de ter tudo perfeito! Do momento em que conseguisse fazer os vídeos perfeitos, do momento em que me tornasse uma ‘pro’ a fazer lives nas redes sociais, do momento em que tivesse o equipamento perfeito, do momento em que que tivesse os programas perfeitos.

Mas isso nunca aconteceu, e quando tive consciência de que a perfeição não existe, disse “basta” e pus-me em ação.

É melhor feito do que perfeito

Lancei o meu programa online cheia de medo, longe da perfeição que tanto tinha sonhado. Ainda havia muita coisa a aperfeiçoar, mas, curiosamente, acabei por aperceber-me que não eram aquelas coisas que me tinham provocado a procrastinação que realmente importavam, mas antes uma série de outros pormenores, dos quais nunca me iria dar conta enquanto estivesse apenas a idealizar e a sonhar com o dia em que tivesse a coragem de avançar.

Por isso, acredita que é melhor feito do que perfeito!

E isto não significa que devemos fazer as coisas ‘às três pancadas’ e colocá-las lá fora. Significa que, a partir do momento em que tens as coisas feitas, é a hora de as partilhar com o mundo e depois, claro, vais aperfeiçoando, vais melhorando e vais recebendo o feedback, tão importante, de quem experimenta o teu produto e/ou serviço. Essa informação é valiosa para percebemos, em pormenor e de forma concreta, o que podemos melhorar, o que podemos fazer diferente, o que podemos acrescentar.

Enquanto ficares em casa, sentado no sofá, a idealizar o produto ou serviço perfeito, não te colocas à prova, não te colocas no terreno, não te colocas numa posição de receber o feedback de quem verdadeiramente interessa, que são as pessoas que vão experimentar o teu projeto, ou seja, os teus clientes.

Vá lá, então, coloca-te em acção!!

Beijinhos e abraços inspiradores ❤️

 
Posts Relacionados

You have Successfully Subscribed!

You have Successfully Subscribed!

You have Successfully Subscribed!

You have Successfully Subscribed!

You have Successfully Subscribed!

You have Successfully Subscribed!

You have Successfully Subscribed!

You have Successfully Subscribed!

You have Successfully Subscribed!